[Review] Apple Watch e watchOS 2: chegou a hora de comprar um relógio inteligente?

27.10.15
[Review] Apple Watch e watchOS 2

O Apple Watch é o mais novo produto lançado pela Apple e ela garante que é o mais pessoal já feito também, e embora ele já esteja no mercado desde abril (nos EUA), somente neste mês que ele passou a ser comercializado no Brasil. De lá pra cá muita coisa mudou, pois agora ele vem equipado com o watchOS 2 que promete algumas mudanças no seu uso. Mas será que é hora de adquirir um relógio inteligente?

Apple Watch Sport

Acabei optando pelo modelo Sport por ser mais em conta (não adquiri no Brasil, que fique bem claro!) e com a pulseira esportiva branca, que aliás é muito confortável e fácil de ajustar. O único porém é que ela acaba sujando com mais facilidade, mas ensinarei como mantê-la limpa de maneira bem simples.

[Review] Apple Watch e watchOS 2

[Review] Apple Watch e watchOS 2

38mm ou 42mm?

O Apple Watch vem em dois tamanhos mas optei pelo maior para facilitar a visualização. O tamanho é ideal e não fica aquela impressão de estar usando o relógio do Faustão, por exemplo. 

[Review] Apple Watch e watchOS 2

[Review] Apple Watch e watchOS 2

Conteúdo da embalagem

Engana-se quem acha que a embalagem do Apple Watch Sport é ruim por ser mais simples mas o acabamento é impecável. Na verdade até estranhei devido o grande peso, mas é por conta da caixa externa, mais a caixa em que vem o relógio , além do carregador magnético (que é de plástico), e mais uma pulseira que pode ser trocada caso tenha achado grande a que já vem colocada no relógio.

[Review] Apple Watch e watchOS 2

[Review] Apple Watch e watchOS 2

Usando o relógio

A primeira coisa a se fazer é emparelhar o Apple Watch com o iPhone, um procedimento que é bastante simples. Após algum tempo de configuração e você já pode usá-lo normalmente. O mais interessante é que nessa etapa ele já verifica quais apps instalados no iPhone possuem uma versão para o relógio e transfere automaticamente.

[Review] Apple Watch e watchOS 2

A interface não é confusa e na verdade é bastante simples entendê-la no entanto o que mais complica é saber quando pode usar o Force Touch e quando usar a Digital Crown.

Force Touch

Essa nova tecnologia permite o relógio reconhecer quando um toque é feito com mais força e assim permite executar novas tarefas. Enquanto está visualizando as horas é possível pressionar com mais força para alternar entre os diferentes mostradores.

No app Mensagem o Force Touch serve para enviar uma nova mensagem. No app música serve para escolher ouvir a música que está armazenada no relógio ou no iPhone e ver também quais estão sendo reproduzidas. No app Exercício serve para pausar ou interromper uma corrida, por exemplo.

[Review] Apple Watch e watchOS 2

Digital Crown

É o pequeno botão giratório que fica no lado direito do aparelho. Ele serve para descer a barra de rolagem e visualizar todos os menus e opções de cada aplicativo, e também serve para aumentar ou diminuir o zoom ao visualizar os mapas ou a tela de início. É com ele que você escolhe cada complicação a ser mostrada no relógio, inclusive podendo alterar a cor. Ele também funciona como o botão Início do iPhone e serve para sair dos aplicativos e voltar para a tela inicial quando apertada.

Complicações

O nome é bem estranho mesmo mas é assim que a Apple chamada cada informação que é exibida nos mostradores do relógio. Na imagem abaixo, por exemplo, a data de hoje, o nível da bateria e o ícone das suas atividades são complicações. Com o watchOS 2 apps de terceiros também podem exibir complicações próprias.


Resumos

Na tela do mostrador, basta deslizar com o dedo de baixo para cima para visualizar os Resumos de todos os apps que possuem essa opção, como bolsa, tempo, música, mapas, entre outros. É aqui também que você pode medir os seus batimentos cardíacos e ativar/desativar o modo avião, não perturbe ou silenciar as notificações.

  

Apps

O Apple Watch já vem com diversos apps presentes no iPhone como Mensagens, Tempo, Mail, Telefone, Fotos, Relógio, Alarmes, Cronômetro, Câmera, Mapas, Calendário, Atividades e Exercício, sendo possível instalar apps de terceiros também. 

Consultar apps na telinha do relógio não é tão esquisito como pensei que seria. Ontem mesmo, por exemplo, estava ouvindo uma música e usei o Shazam pelo Apple Watch para identificá-la. Além de permitir comprá-la rapidamente, caso eu quisesse, também era possível visualizar a letra da música, que era exibida em sincronia.

Notificações

Talvez este seja um dos grandes benefícios do relógio que é visualizar notificações diretamente na telinha do relógio, sem precisar tirar o iPhone do bolso a todo instante. É muito prático visualizar seus e-mails, mensagens e WhatsApp pelo aparelho, e embora ele tenha algumas respostas prontas para serem usadas é possível ditar o que você quer que seja escrito, ou se preferir, enviar como áudio. O melhor de tudo é que o reconhecimento de voz é impecável.

  

Siri

A Siri também está presente no Apple Watch e ela funciona praticamente igual ao iPhone. Para ativá-la basta segurar a Digital Crow por alguns segundos ou simplesmente dizer "E aí Siri" quando a tela está ligada.


Saúde e Atividade Física

Além de monitorar os seus batimentos cardíacos o Apple Watch é uma excelente opção para quem praticada atividades físicas regularmente. Com o app Exercício você escolhe qual atividade vai fazer como andar, correr, bicicleta, subir escadas, elíptico ou outros. Ao iniciar é possível definir uma meta de calorias, tempo, distância ou simplesmente deixar a meta livre.


Assim ele mostra o tempo decorrido do exercício, distância percorrida, batimentos cardíacos e total de calorias gastas, o que é essencial para quem gosta de se exercitar e levar uma vida mais saudável.


O app Atividades mostra quantas calorias você gastou no dia, quantos passos deu e por quanto permaneceu em pé. Aqui também é possível estabelecer uma meta diária.

watchOS 2

A primeira grande atualização do Apple Watch trouxe algumas novidades interessantes. Ela traz novos mostradores e permite usar fotos do seu álbum também. Apps de terceiros podem exibir dados no mostrador através das complicações.


Ao girar a Digital Crown você acessa a função Viagem no Tempo, que permite visualizar tudo o que já aconteceu. o que está acontecendo ou que ainda vai acontecer. Assim dá pra ver a previsão do tempo hora a hora ou compromissos para aquele dia.


Quando o Apple Watch está sendo carregado e fica de lado ele entra no Modo Cabeceira, passando a exibir um mostrador digital diferente com a hora, data e alarme, caso tenha algum definido. Quando o alarme tocar é só pressionar a Digital Crown para adiá-lo ou apertar o outro botão lateral para desligá-lo.

O grande destaque dessa atualização é que ela permite que os apps sejam executados nativamente no relógio e não mais como apenas um espelho do iPhone. Isso garante que o desempenho seja melhor e mais rápido, embora nunca tenho sofrido com lentidões no dispositivo. Os apps de terceiros também poderão utilizar recursos como o Taptic Engine, a Digital Crown, o acelerômetro, o sensor de frequência cardíaca, o alto-falante e o microfone, e é justamente por isso que mesmo com mais de 1.000 apps disponíveis, somente agora veremos apps realmente incríveis e que farão bom uso do hardware do relógio.


Destaques
  • Receber notificações e poder respondê-las diretamente no seu pulso é uma mão na roda;
  • Bateria dura um dia tranquilamente mesmo com bastante uso. Além disso a bateria carrega rapidamente;
  • O design é elegante e muito bem feito;
  • A remoção e troca de pulseiras é simples e fácil;
  • Monitorar os batimentos cardíacos, passos dados, calorias gastas, entre outros dados é interessante para quem pratica atividades físicas regularmente;
  • A exibição da hora ao apenas levantar o pulso funciona quase que perfeitamente.

Pontos Ruins
  • Atender ligações pelo relógio não é muito bom pois o som é muito baixo;
  • Ainda não há tantos apps legais que trazem novas funcionalidades ao relógio;
  • Embora os mostradores possam ser personalizados, seria legal ter uma variedade maior;

Considerações Finais

[Review] Apple Watch e watchOS 2

Resumindo: o Apple Watch é para todo mundo? Não. No meu ponto de vista enxergo dois tipos de compradores ideais para o novo produto da Maçã. O primeiro é para os amantes de relógio e que possuem um iPhone, iPad, MacBook e adoram todos os produtos da empresa. O segundo é para quem pratica atividades físicas, pois permite controlar melhor seus exercícios. Se você não se encaixa em nenhum desses perfis talvez seja melhor esperar as próximas gerações do aparelho.

Independente disso tenho adorado cada dia que uso o Apple Watch, mas mal posso esperar quando mais apps estiverem disponíveis e que façam uso de tudo o que ele tem a oferecer.

Compartilhe

Artigos Relacionados

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »