Header Ads

App Thinning do iOS 9 economizará espaço nos dispositivos iOS com 8GB e 16GB

App Thinning - iOS 9

O iOS 8 prejudicou bastante donos de iPhones com 8GB e 16GB e de iPads com 16GB, pois suas atualizações OTA exigiam muito espaço livre, e após instalado, diminuía ainda mais a capacidade disponível de armazenamento. Felizmente com o iOS 9 a Apple pretende resolver esse problema com o App Thinning.

Com essa nova técnica, a atualização para o iOS 8 que exigia 4.6GB será de apenas 1.3GB para atualizar para o iOS 9! Para alcançar esse feito há 3 mecanismos importantes:

App Slicing

Este é o mais importante, pois quando você baixa um app ou um jogo, todo o código é baixado também, inclusive códigos específicos para cada tamanho de tela, processador, APIs, etc. Se você tem um iPhone 4s, 5 ou 5c, que usam uma CPU de 32 bits e uma GPU sem suporte ao Metal, ao baixar um jogo novo universal, ele virá com o código para 64 bits, imagens adaptadas para o iPhone 6 Plus e o iPad, código para a API Metal, ou seja, tudo o que você não precisaria para rodar o jogo. Com esse novo mecanismo só será baixado códigos que sejam pertinentes ao hardware do seu dispositivo.

E para isso os desenvolvedores não terão muito trabalho, pois basta que eles enviem arquivos identificados para cada plataforma.

On-Demand Resources

Este segundo mecanismo permitirá baixar apenas as partes dos apps necessárias para uso e que são apagadas após não serem mais necessárias. Para jogos com múltiplos níveis a Apple sugere que apenas a fase atual e a seguinte estejam disponíveis e as que foram completadas podem ser deletadas.

BitCode

Quando desenvolvedores fazem o upload de seus aplicativos para a App Store, deixarão de enviar binários pré-compilados e passarão a incluir o que eles chamam de uma “representação intermediária” desses aplicativos, compilado sob demanda, dependendo do dispositivo que o usuário está baixando. Isso determinará se o seu dispositivo baixará binários 32 bits ou 64 bits.
Interessante ver que a Apple está preocupada com o armazenamento de conteúdo, mas bem que isso poderia ter chegado há muito antes!

Fonte: Arstechnica

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.