Header Ads

Produtos da Apple poderão ficar ainda mais caros com a Medida Provisória 668/2015


Infelizmente, mais uma péssima notícia. A Câmera dos Deputados aprovou na última terça-feira o texto da Medida Provisória 668/2015 que trata do aumento do imposto sobre produtos importados. O aumento faz parte do pacote de ajuste fiscal do governo para equilibrar as contas.

O texto-base aprovado pela Câmara aumenta a alíquota do PIS/PASEP de 1,6% para 2,1%, enquanto a alíquota da Cofins sobe de 7,6% para 9,65%. Com a alteração, o imposto PIS/Cofins que as empresas pagam na entrada de bens importados no Brasil aumentaria dos atuais 9,25% para 11,75%.

Isso não é definitivo, pois os deputados ainda poderão analisar sugestões de alterações na MP que poderão alterar o teor desse texto aprovado. Após concluída uma nova votação, a MP seguirá para aprovação pelo Senado.

Ou seja, se isso se concretizar, quase todos os produtos da Apple ficarão ainda mais caros. A única exceção seria o iPhone 5c que se enquadra na Lei do Bem. Qualquer smartphone produzido no Brasil, que custa até R$ 1.500 e traz um pacote mínimo de aplicativos desenvolvidos no país, que varia de acordo com a fabricante, fica isento do PIS/Cofins. Esse benefício fiscal é válido até 31 de dezembro de 2018.

Parece que esse ano vai ficar ainda mais difícil trocar de iPhone, iPad, Macbook...

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.