Header Ads

Executivo da Apple explica porque o Rio de Janeiro foi a primeira cidade a receber a loja


O vice-presidente sênior e diretor financeiro da Apple, Peter Oppenheimer, foi entrevistado pelo jornal O Globo e fez algumas declarações importantes a respeito de como a empresa enxerga o Brasil e o porquê de ter escolhido o Rio de Janeiro para receber a primeira Apple Store da América Latina.

O Brasil é um mercado cada vez mais importante para a Apple, onde lançamos nossa loja on-line em outubro de 2009, e ficamos muito orgulhosos de estar fazendo negócios no país há mais de 20 anos. Estamos muito empolgados em trazer nossa primeira loja física ao Brasil, de modo que os brasileiros possam experimentar nossos produtos em suas mãos e desfrutar dos serviços que nossas Apple Stores oferecem, incluindo o Genius Bar, o suporte técnico, os workshops e os treinamentos pessoais que promovemos.
O executivo disse que a loja segue o estilo “pavillion”, com uma longa fachada curva com um painel de vidro de 30 metros, balcão do Genius Bar de 7,6 metros, 43 empregados e 140 produtos para degustação de clientes.
É uma das poucas lojas que temos desse tipo no mundo inteiro. Trata-se de um conceito baseado em dois espaços, sendo o da frente dedicado à experimentação dos produtos e o de trás concentrando venda de acessórios e prestação de serviços.
Ele também deixou bem claro o porquê de terem escolhido o Rio de Janeiro para ter a primeira Apple Store do país:
O Rio é uma cidade incrível e queremos que a loja esteja funcionando a tempo da realização da Copa do Mundo da FIFA e, mais adiante, da Olimpíada em 2016. Estamos já planejando a abertura de novas Apple Stores no país, dando continuidade aos nossos investimentos no Brasil, onde vemos grande oportunidades. Só que não quero anunciar agora onde será a próxima loja brasileira.
Que agora nós, consumidores brasileiros tenhamos mais respeito e que a Apple passe a lançar produtos mundialmente sem "atrasos" e que venha a Siri em português!
Tecnologia do Blogger.