Header Ads

[Review] Thor: O Mundo Sombrio - O Jogo oficial


Thor é um dos grandes heróis da Marvel e com o seu segundo filme lançado na última sexta-feira, a Gameloft aproveitou para disponibilizar na App Store o jogo Thor: O Mundo Sombrio - O Jogo oficial, que foi anunciado em julho, mas algumas escolhas ruins acabaram prejudicando a experiência de algo que poderia ser muito bom.

Primeiramente a Gameloft decidiu utilizar um outro sistema de jogabilidade neste jogo, pois em vez de controlar o personagem livremente e ter um botão de ataque que deveria ser esmagado constantemente, tudo o que você tem a fazer é tocar em um determinado ponto na tela para caminhar e ao se aproximar de inimigos o herói desfere golpes e combos automaticamente.


No entanto Thor não estará sozinho, pois é possível invocar 7 tipos de guerreiros e diversos aliados para auxiliar na jornada. Embora haja 90 missões, elas não são muito variadas pois consistem em enfrentar hordas de inimigos, destruir a base deles ou sobreviver por um determinado tempo.

Felizmente há uma grande variedade de monstros a serem enfrentados, com direito até mesmo a chefões, sendo que alguns são bem grandes. Thor e seus aliados possuem ataques especiais que podem ser usados para aniquilar os oponentes, mas que requerem uma certa quantia de tempo para estarem disponíveis para novos usos.


O jogo é grátis mas utiliza 3 tipos de moedas para adquirir diversas melhorias. As runas, que são as mais comuns, servem para adquirir novos guerreiros, aumentar o poder deles e melhorar a armadura e o martelo de Thor. A segunda é a ISO-008 que serve para liberar novos poderes especiais e melhorar os atributos do herói. A última — Uru, que é a mais difícil de se obter, serve para adquirir novas armas e eliminar o famoso e irritante sistema de tempo e também para adquirir poções de cura.

Devido a isso você rapidamente ficará sem poções de cura e não poderá concluir algumas missões com tanta facilidade. Devido a essas limitações, rapidamente você será obrigado a rejogar diversas missões para acumular mais dinheiro, porém elas não lhe recompensarão tanto como se tivesse concluído alguma missão pela primeira vez.


Os gráficos do jogo são um show a parte com cenários bem detalhados, incluindo a modelagem dos personagens. Com diversos extras e uma jogabilidade diferente e divertida, Thor: O Mundo Sombrio - O Jogo oficial tinha tudo para ser um excelente jogo do deus do trovão, mas que devido às limitações impostas pelo modelo freemium acabam aumentando a dificuldade e tornando-o em um jogo chato e repetitivo.
Tecnologia do Blogger.