Header Ads

[Review] Sonic The Hedgehog para iOS

Quando o port de Sonic The Hedgehog foi lançado para o iPhone e iPod touch em maio de 2009, a adaptação não agradou muito aos fãs devido aos controles ruins que eram imprecisos e também na inconsistência da taxa de quadros em alguns trechos que diminuía aquela sensação de velocidade.


Felizmente quatro anos após o lançamento da versão original, a Sega em parceria com Christian Whitehead, o mesmo que fez aquela excelente adaptação de Sonic CD, lançou esta semana a atualização 2.0 para o jogo que trouxe diversas melhorias tornando o jogo indispensável para os fãs e saudosistas.

Para começar os gráficos, sons e desempenho foram aprimorados. O jogo inclusive está adaptado para rodar em tela cheia no iPhone 5 e agora passa a ser um aplicativo universal também, ou seja, você pode jogar com o ouriço azul na telona do seu iPad.


Os controles, que eram um dos grandes problemas do port original foram resolvidos e agora você conta um direcional digital e um de pulo, sendo que ambos podem ser customizados para diminuir seu tamanho ou aumentar a transparência para que não atrapalhem a visualização dos cenários.

Entre outras opções temos a possibilidade de ativar ou não o Spin Dash, que até então não existia no primeiro jogo do porco espinho. Além disso o jogo traz os encartes da versão Japonesa, Americana e Européia.


Também foi incluído um novo modo de jogo chamado "Contra o Tempo" onde você deve completar as fases dentro de um tempo limite. Após concluir o jogo você libera os personagens Tails e Knuckles, aumentando ainda mais o fator replay.

Embora o jogo salve o seu progresso a cada fase, é possível jogar sem a opção salvar para aqueles que realmente gostam do desafio mais insano da época. Se você já tinha a versão original de Sonic The Hedgehog então basta fazer a atualização para a versão 2.0. Se você ainda não havia adquirido devido aos problemas, pode gastar US$ 2,99 sem problemas, pois vai valer muito a pena.

Tecnologia do Blogger.