Header Ads

[Review] Sonic the Hedgehog 4: Episode II

E a Sega finalmente lançou o segundo episódio de Sonic the Hedgehog 4, com diversas mudanças e adição de novas ideias que incrementaram a jogabilidade, além de corrigir o que não estava tão legal no primeiro episódio. Enquanto o primeiro título estava mais para ame ou odeie (eu gostei muito!), esta continuação promete agradar até mesmo os fãs mais rigorosos.


A grande novidade aqui é a adição do personagem Tails, porém diferente de Sonic 2, ele é muito mais útil devido a inclusão de alguns combos e habilidades, como poder voar para alcançar lugares mais altos, nadar com mais velocidade embaixo d'água e um ataque devastador em que Sonic e Tails saem rolando rapidamente, essencial para destruir alguns obstáculos e inimigos também. Dessa vez você não enfrentará apenas o Dr. Eggman, pois o Metal Sonic está de volta para se vingar.


Sonic the Hedgehog 4: Episode II possui o mesmo esquema de fases do Episode I: 4 zonas com 3 atos cada mais um chefe. Dessa vez as fases estão muito mais elaboradas, com um visual magnífico e obstáculos característicos para cada uma. Há várias opções de rotas a seguir, e encontrar os anéis vermelhos em cada ato o fará jogar novamente cada uma. As batalhas contra os chefes estão mais diversificadas e são bem empolgantes, exigindo o uso das habilidades da dupla.

A física, ponto que foi duramente criticado pelos fãs mais exigentes foi corrigida. Sonic está mais rápido, não fica grudado em paredes e ao saltar durante um Spin Dash ele não para bruscamente. Os controles funcionam muito bem, embora eles deixem de responder algumas vezes e parecem "escorregar" de seus dedos, mas tudo isso é decorrente dos botões virtuais.


Os gráficos são muito bonito e detalhados, e o que mais impressiona é que eles estão bem próximos a das versões para consoles e PC. Além disso, há suporte para a Tela Retina do iPhone e iPod touch, o que deixa tudo ainda mais melhor. Não há suporte para a resolução do novo iPad, mas mesmo assim os gráficos ficam legais. Devido a tamanha qualidade visual, é possível notar quedas na taxa de quadros em alguns momentos, mesmo no iPhone 4S e iPad 2. Felizmente isso não é constante, e na maior parte do tempo o jogo roda com boa fluidez. Talvez numa futura atualização a Sega consiga otimizar a performance do jogo.

As músicas do jogo dividem opiniões: alguns as consideram ruins e outros acham legais. Eu particularmente gostei das músicas, achando que estão entre as melhores já feitas para o Sonic, mas gosto é gosto. Os estágios especiais estão de volta para que seja possível coletar as 7 esmeraldas do caos para se transformar em Super Sonic. Elas foram inspiradas nas mesmas fases de Sonic 2, porém estão muito mais divertidas e com novas manobras.


Outra novidade é modo multiplayer, que permite que duas pessoas joguem juntas através do Bluetooth, e o aparelho não precisa ser o mesmo, portanto, quem tiver um iPhone pode jogar com alguém que tenha um iPad ou iPod touch, por exemplo.

Outra mudança que notei foi que para derrotar os chefes o número de golpes foi reduzidos, justamente devido ser um pouco mais difícil enfrentá-los com os controles virtuais. Se você possui o Episode I poderá liberar 4 fases em que é possível jogar com Metal Sonic, e descobrir como ele voltou, pois havia sido destruído em Sonic CD.


Apesar de alguns defeitos (que podem ser corrigidos com uma atualização), Sonic the Hedgehog 4: Episode II impressiona pela sua qualidade visual e por trazer a mesma experiência de um console. Tudo o que havia de errado no primeiro episódio foi corrigido, ao mesmo tempo que buscou trazer novidades na jogabilidade ao incluir o Tails. Além disso, ele é universal, ou seja, compre apenas uma vez e jogue no iPhone  ou iPad. É melhor do que o Episode I, e definitivamente faz jus ao número 4. E que venha o Episode III.


Tecnologia do Blogger.