Header Ads

iPad 2 com chip A5 de 32nm possui uma melhor duração da bateria

Quando a Apple anunciou o novo iPad, ela resolveu manter a versão de Wi-Fi de 16GB do iPad 2 a venda com uma redução no preço de $100. O mais interessante é que ela também realizou uma pequena mudança internamente no aparelho que acabou melhorando um ponto que já era incrível no tablet.


O processador A5 que é utilizado no iPad 2 e no iPhone 4S foi fabricado no processo de 45nm, enquanto que esta "nova versão" utiliza um chip de 32nm, ou seja, além de reduzir o tamanho e economizar espaço, também ajudou a prolongar a duração da bateria.

O Anandtech realizou alguns testes comparando o desempenho do modelo antigo e do novo, que mostrou um aumento significativo. Para navegação na internet, a diferença foi de 1 hora.


Para uso de jogos, como Infinity Blade 2, a melhora foi de 1,7 horas e no caso de reprodução de vídeos em HD 720p, esse aumento foi de 2,4 horas, totalizando 15,7 horas de autonomia.


É claro que isso não deve apenas a redução do tamanho, mas também a redução da voltagem e também haver um melhor gerenciamento de energia que é mais eficiente. Apenas lembrando que o desempenho permanece o mesmo, ou seja, rápido como sempre foi.

É bem provável que a Apple adotará chips de 32nm no próximo iPhone, que contribuirá para uma maior duração da bateria. E se ela conseguir colocar uma bateria tão grande quanto a do novo iPad, teremos um smartphone que irá aguentar dias de uso. Isso sim seria algo realmente interessante, e não a adoção de processadores quad-core...

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.