Header Ads

Review: Silent Ops

Silent Ops é mais um jogo da Gameloft, que dessa vez tenta trazer elementos de espionagem com ação em terceira pessoa. Você tem a sua disposição 3 personagens que devem impedir que um vírus mortal se espalhe e destrua o mundo.

Apesar de oferecer a possibilidade de se manter mais discreto para que os inimigos não o vejam, a inteligência artificial deles é tão falha que não é necessário se esconder. Basta ficar cara-a-cara com eles e atirar, pois acaba sendo mãos rápido e eficaz. Mesmo assim há alguns golpes que servem para neutralizar os oponentes rapidamente, como se aproximar e derrubá-los, ou ficar pendurado e saltar sobre eles. Além disso, você pode golpeá-los com socos também.


Há elementos de plataforma, como escalar paredes, saltar obstáculos e até mesmo pular de uma parede a outra para subir algumas plataformas. Em relação as armas, você tem duas opções, e pode optar pela mira manual ou automática. Em algumas missões, você deve atuar como um sniper, atirando em inimigos bem distantes para proteger seu companheiro.

Em algumas partes há os eventos quick-time, que requerem que alguns botões e comandos sejam feitos na tela para que algumas ações sejam feitas, permitindo o progresso. Algo legal sobre o jogo é que ele usa animações feitas em computação gráfica para algumas cutscenes, que por sinal possuem uma boa qualidade.


O modo multiplayer também é agradável, com dois modos distintos: um em que você deve matar todo mundo, e outro em que você deve trabalhar em equipe. Em termos gráficos, o jogo é muito bonito, com personagens e cenários bem detalhados e variados. O som também é bom, exceto pela dublagem que não é muito empolgante.

Ao todo são 7 fases, que juntamente com os inimigos que não representam desafio algum, tornam a jogatina relativamente curta. Apesar dos problemas, Silent Ops é um bom jogo de ação, que desperdiça elementos de espionagem que não foram muito bem incorporados.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.